Quem Somos

Defesa Aérea & Naval  é um site dedicado a tratar de assuntos de Defesa, idealizado e criado pelos jornalistas cariocas Guilherme Wiltgen e Luiz Padilha.

Ambos são especializados na área e com vasto conhecimento prático, já tendo participado de várias operações com as Forças Armadas brasileiras e estrangeiras, embarcando em navios e aeronaves dos mais variados tipos.

Neste novo espaço, pretendemos difundir e discutir o tema DEFESA à todos que estiverem interessados, bastando para isso, acompanharem o nosso website, que é atualizado diáriamente com notícias, artigos e vídeos, trazendo o assunto de forma clara e objetiva, com o nosso diferencial, de realizar matérias de campo e passando as nossas experiências vivenciadas de forma independente, focando sempre nos assuntos militares com a credibilidade conquistada com trabalho sério, imparcial e responsável, visando sempre elevar as nossas instituições militares.

Entre em contato com os editores através dos e-mails abaixo:

Atenção!

Ninguém está autorizado a se apresentar em nome do Defesa Aérea & Naval, sem estar devidamente credenciado!

Comentários 95

  1. iara says:

    Boa noite!!

    Sou a Iara Regina Spangenberg, estudante do último semestre em Biblioteconomia pela Claretiano – EAD. Assumi a biblioteca escolar da Escola Estadual EFM Shirlei Ceruti e venho, através deste canal solicitar doações de livros infantojuvenis, softwares educativos de leitura, ebooks, assinatura de revistas juvenis e outros materiais que competem a um boa estratégia cativante para uma biblioteca escolar.
    Infelizmente, estamos com rarissimas coleçoes infantojuvenis e, quiçá, desatualizadas. A realidade de muitas bibliotecas escolares era conhecida como depósito de livros e queremos mudar esta triste realidade, fomentar a leitura, a escrita e o conhecimento da nossa comunidade escolar.
    Precisamos revitalizar nossa biblioteca e venho humildemente solicitar o devido apoio.

    Aproveito também como posso instruir jovens da nossa periferia a adentrar nesse mundo fantástico??

    Contamos com a vossa compreensão!

    Segue abaixo o endereço:
    CNPJ 12 166 493/0001-13
    Escola EEFM Shirlei Ceruti
    Rua Josias Antonio da Silva, 1465
    Bairro Jardim das Oliveiras CEP 76980-634
    Vilhena RO

    • Já divulguei sua solicitação em outras redes também.

      Para instruir(eu prefiro motivar) voce pode indicar aos seus alunos acompanhar nosso site. Aqui temos informações fidedignas sobre Defesa e visitando nossa página de Artigos, seus alunos poderão ler sobre nossa participação junto as FFAAs. Ok?

  2. MATEUS SALVADOR says:

    Sou um dos seguidores mais assíduos do site!
    Muito obrigado, já são dois anos nos quais cresci muito e garanti diversas oportunidades graças à informatização disponibilizada pelos senhores!

  3. BRUNO LEI says:

    Bom dia Guilherme
    Você escreveu um artigo muito interessante sobre o hangar do Zeppelin em Santa Cruz. Será possivel para um turista comun (do exterior) visitar ele? Estamos em duas pessoas só. O interesse é historico / arquitetónico.
    Obrigado

  4. paulo says:

    boa tarde gostaria de saber se entrando como tecnico em contabilidade posso no corpo auxiliar de praças posso entrar pros grumec?

  5. MARIANNA says:

    olá, se eu fizer a escola naval,e acabar apos 5 anos, poderei ingressar aqui como pilota de navio ?

  6. Renan says:

    Por favor mais materia do prossub
    Obrigado

  7. RODRIGO GABRIEL DOS SANTOS JARDIM says:

    Ok, mais fiquei com varias duvidas, como por exemplo, eu entrando para escola naval, só poderei ser piloto apos o termino de cinco anos, apos a escola naval. Qual o limite de idade para ser piloto? Apos eu me formar, poderei entrar para o Grumec? Qual o limite de idade para o Grumec, e qual o limite de idadade para o Gerrmec?

  8. Eduardo says:

    Ok. Luiz. Muito obrigado pelo retorno. Excelente canal para aqueles que amam assuntos militares como eu. Isso ficou embutido no meu caráter após ter passado pela MB e FAB ( bons tempos ). Porém, por falta de experiência, imaturidade e falta de informação dei baixa. Anos depois entendo que esses fatores prejudicaram o que, com certeza,seria uma carreira promissora. Ainda bem que temos pessoas como vc que deixam essa chama sempre acessa com esse canal.

  9. EDUARDO JESUS PAES DE CAMARGO _ says:

    Bom dia, Luiz Padilha.
    Gostaria de me inscrever, porém ao clicar no campo ” cadastre-se” o mesmo não redireciona para página.

  10. Eu não sabia desse site foi bom saber.

  11. Leonardo Rodrigues says:

    Beleza! Mas é bonito ouvir o ronco dos motores e ficar imaginando um dia os sea gripen na MB. Essas novas tecnologias embarcadas deixarão nossos pilotos mais próximos dos novos vetores na próxima década.

  12. Leonardo Rodrigues says:

    Caros editores
    Tenho posição privilegiada no acompanhamento das aeronaves que realizam exercícios aqui em Natal. Como havia dito anteriormente em outro tópico a marinha do Brasil junto a Embraer tem realizado parte do treinamento das aeronaves modrrnizadas aqui em Natal. Foi assim o ano passado com o AF-1B N-1001 e acredito, pela pintura ainda não ser da marinha, tratar-se da segunda aeronave modernizada a N-1011. O percurso parede tratar-se do deslocamento da Bant até o campo de Maxaranguape onde são realizados os testes de lançamento e aferição da munição do vetor. Bem fica a dica pro DAN cobrir. Sim, eles saem em duplas e acredito estarem aqui com os dois caças modernizados com a possibilidade de um terceiro. Abraços

    • Luiz Padilha says:

      Oi Leonardo.

      Sim estamos sabendo do treinamento e ele se dá justamente nas localidades que você mencionou. Quanto a pintura das aeronaves, a MB vai manter o cinza de sempre pois sai muito mais barato de se manter, afinal, em tempos de vacas magras é preciso economizar.
      Se você passar em nossa página de Artigos verá que nosso amigo e colaborador Emidio Neto, morador de Natal já fez essa cobertura para o DAN.

      Natal é um pouco longe para nós e nem sempre podemos cobrir eventos distantes.

      Abraços,

      Padilha

  13. Romi says:

    Muito interessante essa revista eletrônica, voces estão de parabens, só hoje tomei conhecimento dessa publicação e fiquei satisfeito com a forma que os assuntos são tratados, bem exclarecedores, um grande abraço e continuem no mesmo ritimo. Bravo Zulu!

  14. Luis Carlos says:

    Bom dia
    Como posso me cadastrar no site?

    • Luiz Padilha says:

      Oi Luiz.

      Aqui no DAN não existe a necessidade de cadastro. Vc pode sempre ler e comentar.

      Temos uma fanpage no Facebook e alguns grupos também.

      Defesa Aérea & Naval

      Aviação Civil & Militar

      Navios de Guerra / Warships

      Indústria Brasileira de Defesa

      Espero que você curta.

      Abs

      Padilha

  15. Rui Barbosa Vianna says:

    Gostaria de Saber se o projeto de fechamento das Bases Aéreas para economizar recursos para o Grippen continua a molde do que aconteceu em Santos a BAAF, Campo dos Afonsos já vinha sofrendo um processo de esvaziamento de suas unidades e tropas. Especula-se que o Aeródromo seria transformado num Aeroporto Civil, até mesmo que operaria parte dos voos da ponte aérea Rio-SP. O que acho difícil pois o Aeródromo só opera por ser milita mas está fora dos padrões de segurança da OACI, tendo sua ASA comprometida por construções Residenciais residenciais, motivo que pelo qual levou a Escola de Aeronáutica para Pirassununga e se criou a AFA. E tenho observado que a politica do governo vem perdendo força. Uma vez que várias aeronaves voltaram a sobrevoar os céus por aqui.

  16. Salve Pessoal !
    Estou proximo de completar 70 anos, é 10:47 da manhã, estou em outro país, a saudade é grande desta terra que o conheço do Oiapoque ao Chuí isso poque servir por mais de 23 anos embarcado em navios de combate, participei de PATCOS que era chamado de água suja, era para patrulhar a foz do Rio Amazonas afim de proibir a pesca do nosso “CAMARÃO GIGANTE” por navios pesqueiros extrangeiros, que não possuisse liceça da Marinha, pra ter a licença tinha que pagar a Marinha e a Marinha investigava realizando patrulha com os Destroyers da Classe Fletcher Parana D 29, certa vez tivemos que passar 15 dias de patrulha sem reabastecimento, a foz do Rio Amazonas é imenssa,
    É isso.

  17. MARCIO LUIS DA GAMA CAVALHEIRO . says:

    Estou aqui para apoiar e acompanhar.

  18. Leandro Bautz Rodrigues says:

    Amigo Guilherme e Luiz, a algum tempo ouvi um comentário que a marinha abre para ex militares a possibilidade de participar dos treinamentos de campo junto com o efetivo, gostaria de saber se é verdade e caso seja como faço para participar. vocês teriam estas informações?

  19. Bom dia
    Gostaria de saber, qual o telefone e o endereço da Base de Submarino de Itaguai

  20. Toni ct Lima says:

    Amigos parabéns pelo excelente site. Abraço e Sucesso!!!

  21. Olá! Sou professora da rede municipal de Araruama.Minha turma é do quinto ano ensino fundamental. travo uma luta diária para dar aos meus alunos, a vontade de ter um futuro diferente deste presente em que vivemos.Tento dar-lhes sonhos, objetivos e força para caminhar e ter um futuro promissor. DEUS colocou em meu coração a vontade de levá-los até a base de São Pedro e mostrá-los o quanto vale a pena lutar por nossos objetivos,independente de situação financeira, mas através dos estudos, da educação.Alguém pode ao menos me direcionar de como posso agendar uma visita monitorada a base? Se puder, agradeço,pois sei que não mudarei a realidade de todos, mas sei que muitos ,lutarão para conseguirem.Desde já agradeço.

  22. Alte Medici says:

    Parabéns Luiz Padilha.
    O site Defesa Aérea & Naval está ótimo.
    Apreciei o resumo apresentado sobre o SISGAAZ (palestra realizada pelo Alte Frade na EGN).
    Um forte abraço
    Almirante Médici

    • Luiz Padilha says:

      Muito obrigado Alte Medici.

      Fica aqui o convite para sempre que quiser, nos prestigiar com boas novas de nossa querida Marinha do Brasil.

      Forte abraço,

      Padilha

  23. HENRIQUE PEREIRA DE CARCALHO says:

    Um ótimo documentário sobre o T50 vale a pena ver até o final,
    pena estar em russo
    https://www.youtube.com/watch?v=fL539UBh-0k

  24. A. Lino Amorim says:

    Muito interessante, site apropriado ! Mas, V.Sas. acreditam seriamente em uma defesa nacional, com este atual governo (interrogacao)…

  25. HENRIQUE PEREIRA DE CARCALHO says:

    Olá Padilha, gostaria de fazer uma sugestão para o site
    Porque vc não faz como no facebook e coloca um opção curtir ( apenas positivo da mesma forma que faz o face) , pois nem todos nós temos interesse em comentar a noticia em sí mas teríamos sim a de positivar ela os comentários interessantes inteligentes e as NOTICIAS pertinentes ;), tanto de leitores como do canal em si alem de se diferenciar dos demais pois se vc notar NENHUM destes o faz.
    Se der certo mantém, caso contrario depois de um Tempo X de teste vc pode tira-la sem causar nenhum problema ao canal 😉
    É apenas uma sugestão ok 😀 é baseada na minha experiência de ler as noticias aqui e não ter paciencia de escrever algo rs… as vezes um simples curtir já supriria esta lacuna de muitos 😉 Se o face e o YouTube colocaram é porque eles viram nesta ferramenta algo de positivo não é 😉
    Obrigado pela compreensão, foi só uma sugestão ok… Boooa noite.

  26. nivaldo lima dos reis says:

    Caro amigo editor,boa noite!
    Lendo sobre o PARA-SAR, só quero fazer um pequeno lembrete: Charles Astor,nasceu na Argélia e não na Argentina ok.Adotou o Brasil como pátria,onde implantou o paraquedismo no meio civil e militar ,em especial na força Aérea Brasileira e para os cadetes daquela época.
    faleceu em minas Gerais,na cidade de Barbacena onde está situada a EPCAR.
    Grande abraço.
    N.lima

  27. O. Marques says:

    olá colegas!

    Alguém poderia me explicar o que é um caça de 4º e 5º Geração?
    O Gripen que geração é?
    A onde será empregado esse caça? Interceptação;Bombardeio;Ataque ao solo?
    Me perdoem por invadir esse espaço pra mim ainda desconhecido!

    Abraços!

    • Luiz Padilha says:

      O Gripen é um caça multi-role, ou seja, ele fará tudo o que vc mencionou acima. Ele é de geração 4++.

      Abs

  28. Juliano C Sansão says:

    Caros,
    Foi um prazer enorme recebê-los e espero revê-los em breve, aqui ou em outros lugares o qual possamos exercitar nossa paixão pelas nossa máquinas maravilhosas.

    Me senti culpado de não termos tempo de discutir outros assuntos que não os da pauta, quem sabe da próxima vez.

    Parabéns pelo seu trabalho e que este ano seja um ano de ainda mais realizações!!!

    Abraços do seu fã

    • Luiz Padilha says:

      Prezado Juliano.

      Para nós foi igualmente prazeiroso estar com vcs e poder ver in loco o fruto do trabalho de vcs.

      Vamos fazer o nosso trabalho e esperamos poder contar sempre com vcs.

      Pena ter sido tão corrido.

      Forte abraço e continue lendo o DAN.

  29. Braulio Silveira says:

    Que me desculpar com os donos do site: Guilherme Wiltgeen e Luiz Padilha por ter exagerado um pouco nas tintas no comentário que postei sobre um artigo de um articulista argentino acerca do “enorme erro geopolítico” – na visão daquele autor – da escolha do GRIPPEN NG para a FAB.
    Achei que era uma posição do site. Foi um erro, perdoai-me, isso não mais ocorrerá.
    Espero, já que descobri o blog, em comentar as matérias que me chamar atenção, se me permitirem, mas de forma mais racional, sem ser emotivo.

    Um Bravo Zulu ao DAN!

  30. RobertoCR says:

    Primeiro gostaria de parabenizá-los pela ótima corbertura do CRUZEX 2013. Foi, de longe, a melhor que eu acompanhei.

    Tenho tido alguns problemas para acessar determinados artigos do site a algumas semanas. Nesta última, as matérias “Colômbia interessada no Gripen” e “Aviões japoneses e coreanos violaram zona de defesa antiaérea da China” aparecem com o aviso “Not save for work” no lugar da respectiva imagem. Ao clicar no link há um direcionamento para a página de login do WordPress e não para a matéria. Não tentei logar, apesar de ter blogs no WordPress. Existe alguma necessidade de cadastro diferenciado para ver algumas matérias postadas, além da utilizada para comentários? Obrigado e parabéns pela qualidade do blog.

  31. pinaffi says:

    cordiais saudações, descobri esse site a poucos dias e percebi que é bem melhor do que o outro (os três) que eu vinha acompanhando diariamente para ficar atento as novidades em defesa, e ainda mais legal é que podemos expressar as nossas opiniões sem precisar comprar nada, confesso que virei frequentador assíduo.

  32. Alexandre Novaes says:

    Parabéns aos editores pelo excelente site (Wiltgen e Padilha). Tenho uma dúvida boba, gostaria muito de saber porque os Mirage estão sendo desativados e os F-5 que tem mais idade (posso estar falando besteira), são feitos modernizações constantes e continuam em serviço ?

    • Luiz Padilha says:

      Alexandre, é uma questão de contrato. Os M2000C podem ser mantidos, mas o custo para isso é proibitivo. Eles estão muito voados. Já vieram da França com muitas horas de voo. Ou seja, não vale a pena. Já os F5, a FAB investiu justamente por terem horas de voo para serem voadas, o que justificou o investimento.

      Abs

  33. Vader says:

    Prezados Wiltgen e Padilha, excelente iniciativa e ótimo trabalho. Parabéns! Virei fã.

  34. evandro tavares says:

    Ola, Com esta “frieza” nas relações brasil/eua,qual a possibilidade de termos aviões/caças de verdade… mig’s/SU ? Digo não correndo o risco de investirmos em tecnologias defasadas e quando forem exigidas serem sabotadas/desligadas á distância? ??

    • Luiz Padilha says:

      Evandro, mesmo optando por Migs ou SUkhoys, também estaremos correndo este risco. São caixas pretas. A solução é desenvolvermos aqui no país. Mesmo que no principio não funcione. Mas tinhamos que tentar.

  35. ROSELY says:

    olá, por favor, preciso qual a próxima fragata que vai para o exterior…

  36. Luiz Padilha says:

    Alex e Rogerio obrigado pelas perguntas e sugestão. Em breve teremos novidades a respeito. Agiardem

  37. alex says:

    site muito legal
    mais será que teria como fazer uma matéria sobre o porta aviões são Paulo pra nos sabermos qual a situação dele hoje em dia.

  38. rogerio says:

    Ola! acompanho o site a pouco tempo e curto muito poder entrar em contato e tirar duvidas e até mesmo de falar algumas asneiras por falta de conhecimento, já que os comentários está sempre aberto, e já que é assim lá vai mais uma em; o EB esta mostrando em alguns vídeos o equipamento inglês M3 navegando em algum lago do Brasil, ele já é realidade na força??? O CC M1Abrams já não é mais construido, e sim reformado e atualizado(via vídeo YouTube), já que até hoje não tenha enfrentado nenhum adversário do seu nível para uma prova real de suas capacidades, sorte dele é que o Osório…… , pois bem o EB vem adquirindo CC alemães, e os antiguissimos M41 Caxias, serão simplesmente descartados? , um artigo da revista T&D sugeriu que eles fossem transformados em carros de transporte de tropa, eu sem muito conhecimento já acho que poderiam ser carros de apoio a infantaria com o sistema de armas do carro de combate russo BMPT Terminator! compensaria o custo ou é queimar dinheiro? porque entendo eu que a grande parte tecnológica de um carro de combate esta na torre ou estou enganado? E só para fechar certa vez no site que vocês antigamente trabalhavam eu fiz uma pergunta sobre o por que a Embraer não entrava no mercado de aviões de combate simplesmente “ala a chinesa” com um equipamento meio Frankenstein tipo, cabine do piloto e entrada de ar do Rafale, corpinho de F16 e baia de armamento do F35, a resposta foi q não havia mercado para tal que justifica-se o investimento, Mas parece que outros pensão diferente disto e a resposta parece ser o Scorpion Textron; Peço desculpas pela impertinencia de minhas duvidas e desde de já agradeço pelo espaço. OBRIGADO!

    • Luiz Padilha says:

      Paulo Bastos escreveu –
      “O EB esta mostrando em alguns vídeos o equipamento inglês M3 navegando em algum lago do Brasil, ele já é realidade na força???”
      – Não. No inicio do ano a GDELS trouxe ao Brasil 2 veículos M3 REBS para apresentar na LAAD e ser testado pelo EB. Ele foi testado por varias unidades e parece que houve interesse, mas não sei se esta sendo negociada uma compra.

      “O CC M1Abrams já não é mais construído e sim reformado e atualizado(via vídeo YouTube), já que até hoje não tenha enfrentado nenhum adversário do seu nível para uma prova real de suas capacidades, sorte dele é que o Osório…… , pois bem o EB vem adquirindo CC alemães, e os antiguissimos M41 Caxias, serão simplesmente descartados? “

      – Sim, eles foram baixados, sendo que o s melhores, os do 20º RCB, foram doados ao Uruguai.

      “Um artigo da revista T&D sugeriu que eles fossem transformados em carros de transporte de tropa, eu sem muito conhecimento já acho que poderiam ser carros de apoio a infantaria com o sistema de armas do carro de combate russo BMPT Terminator! compensaria o custo ou é queimar dinheiro?”

      – Realmente pensou-se na possibilidade de aproveitar esses carros, mas no estado que se encontravam, sua recuperação seria cara em relação aos veículos que teríamos.
      Se fosse para aproveitar os chassis para criar outros veículos de combate, deveríamos ter aproveitado os Leopard 1BE, pois aproveitaríamos a cadeia logística dos veículos principais, mas a maioria também estava em situação que impedia esse tipo de aproveitamento.
      “E só para fechar certa vez no site que vocês antigamente trabalhavam eu fiz uma pergunta sobre o por que a Embraer não entrava no mercado de aviões de combate simplesmente “ala a chinesa” com um equipamento meio Frankenstein tipo, cabine do piloto e entrada de ar do Rafale, corpinho de F16 e baia de armamento do F35, a resposta foi q não havia mercado para tal que justifica-se o investimento, Mas parece que outros pensão diferente disto e a resposta parece ser o Scorpion Textron;”

      – Rogério, o mercado de Defesa, antes de tudo, visa LUCRO. Conceber um caça novo sem perspectivas de um cliente lançador, não é interessante para nenhuma empresa. No mercado mundial, você só consegue vender equipamentos militares (caças incluso), se o seu país for usuário.
      Veja o caso do KC 390. Com a encomenda inicial da FAB, o projeto ganhou enormes proporções e com a visibilidade adquirida, hoje possui encomendas externas e vai ocupar um nicho de marcado interessante, onde a Embraer certamente lucrará. Por isso é que fabricar um caça ainda não tinha sido a meta da empresa. outrossim é importante ressaltar que o Know How para construir caças supersônicos ( ligas especiais), a Embraer não tinha ou não tem. Essa informação eu não tenho. 🙂

      Espero ter lhe ajudado.

  39. mateus felipe dias barbosa says:

    deus abençoe vocês do defesa aérea e naval

  40. mateus felipe dias barbosa says:

    padilha não fique achando que vai se livrar das minhas perguntas não viu kkkkkkkkkk, grande abraço.

  41. mateus felipe dias barbosa says:

    então padilha os amx mordenisados não irão ficar ate 2032.

    • Luiz Padilha says:

      Mateus nem sempre poderei responder suas perguntas. Esta por exemplo eu não tenho essa informação. OK?

  42. mateus felipe dias barbosa says:

    padilha porquê você não quer mais responder minhas perquntas ?

  43. jaime haroldo de azevedo says:

    olá padilha te achei.um grande abraço.

  44. mateus felipe dias barbosa says:

    quis dizer belo site

  45. mateus felipe dias barbosa says:

    gosto muito desse site pois a gente nem precisa comprar revista e ser logado para poder comentar agradesso a producao por um melo site valeu

  46. Rui Nunes da Silva says:

    Amigo
    Como posso ser membro do vosso blog, ?????

  47. Parabéns pela criação e manutenção desse site.

  48. Eurípedes Vaz Eduardo says:

    Boa tarde.
    Parabéns pelo site. Se possível gostaria de receber, via e-mail, as dimensões das asas do A-29 (envergadura x largura x altura, – largura prox. fuselagem e ponta – e grau de inclinacao), pois eu gostaria de fazer uma réplica do mesmo. A envergadura e a fuselagem ja vi na reportagem de comparacao entre o T-27 x A-29.

  49. Ayrthon Santana Vieira says:

    Senhores,
    Parabéns pela iniciativa.
    Gostaria de saber como me tornar um membro / assinante do site.
    Atenciosamente,
    Ayrthon

    • Luiz Padilha says:

      Bom dia Aylthon. Nosso site cadastra os usuários através de um modelo simples. Basta tentar postar um comentario que as infos para se cadastrar aparecerão.

      n
      Não fazemos assinaturas pois nosso conteúdo é disponibilizado gratuitamente. ok?

      Abraços

      Padilha

  50. willian says:

    É recorrente. Ao tentar abrir uma matéria o anti-virus alerta que uma ameaça foi detectada.
    Abraços.

    • Luiz Padilha says:

      Oi Willian.
      Isso só acontece com o Avast.
      Ele implica com os pop ups. Eu comprei pra poder ver o que ocorria. Entra em configurações e vai em pop ups. coloca o nº 1 em minutos e fecha. As paginas abrem normalmente depois.
      Porque não acontece com o NORTON e com o AVG?
      É um saco, mas já escrevi para eles e estou aguardando a resposta.
      Abs
      Padilha

      • André E. says:

        Padilha, alguma biblioteca utilizada no template do site ou nos plugins está direcionando para o site http://www.jquerys.org/.
        Isto é interpretado por alguns anti-vírus como um redirecionamento indevido e também é intepretado por alguns plugins de segurança do browser que o site citado não possui boa reputação.

        É necessário revisar as bibliotecas e códigos-fontes utilizados, para achar onde o redirecionamento malicioso está inserido.

        Eu não sei o quanto vocês são proficientes nessa parte. Se não forem muito, recomendo ir desinstalando plugin a plugin até conseguir achar a causa (vai parar de dar o redirecionamento). Se não for isso, pode ser algo no template.
        [ ]s

        • André E. says:

          Ah, “jquery” é o nome de uma biblioteca de manipulação DOM (em javascript) que é massivamente utilizada. Provavelmente esse site jquerys.org foi utilizado para dificultar a identificação do ponto onde o código malicioso foi inserido.

      • ZorannGCC says:

        Olá!

        Já tive este problema com meu site. Existe uma solução.

        Entre no Fórum do Avast (pesquise na internet vc acha facilmente) e comunique que seu site não tem vírus. Eles solicitam que você submeta seu site a alguns detectores de vírus online. Você fazendo isto e anexando o link dos resultados eles retiram seu site da “black-list”.

        Se não fizer isto seu site continuará não sendo aberto em qualquer computador que tenha o Avast. E isto acaba com a confiança dos leitores. Eu passei por isso (meu site ficou fora do ar 2 dias por causa de DNS e quando voltou o Avast o considerou um falso-positivo) e vocês tem que tirar seu site desta “black-list “.

        Lá existe um tópico, sobre relatrar falso-positivo.

        Espero ter ajudado…

        OBS: o avast é uma …osta. mas todo mundo usa….

  51. ALAN says:

    Blz, estamos aí para o que der e vier!!!

  52. ALAN says:

    Ué, vcs não estão mais com o galante no Naval??? o q houve? abçs, o site está show…

    • Alan,
      Infelizmente, tivemos algumas divergências e concluímos que o melhor era seguir o nosso caminho e acabamos montando esse novo projeto chamado Defesa Aérea & Naval.
      Continue nos acompanhando!
      Abraços,

  53. Fabiano says:

    Uma curiosidade, por qud o Brasil não participa do RIMPAC?

    • Fabiano,
      Pode ser que algum dia até possamos participar, como conviado, pois o exercício se destina as Marinhas que operam, preferencialmente, no Pacífico (Rim of the Pacific Exercise), podendo participar outras Marinhas também.
      Abraços,

  54. Luiz Padilha says:

    Que bom que nos encontrou. Divulgue nosso trabalho para seus amigos.
    Temos novidade a caminho que certamente lhe agradará.

  55. Alex [Acidus] says:

    Eu costumava acompanhar vocês desde outros espaços.
    Bacana reencontrá-los!
    Já ando lendo as matérias.
    Abraços e sucesso!

  56. marcelo d conrado says:

    Padilha, a nova classe Tamandare, esta mais proxima da classe nakhoda ragam do que da Barroso, pois vejamos: temos lincença para 5 navios, temos exocet, temos os sea wolf das antigas t 22, temos as novas OPVs muitos mais modernas.
    Estou certo

    • Luiz Padilha says:

      Não. A nova corveta será a atualização da classe Barroso. Creio inclusive, que por se tratar de uma atualização, visando termos 4 ou 5 novos meios para compor a Esquadra, não teremos grandes modificações, o que naturalmente não configura uma nova classe de navio.
      Portanto, a despeito de Sea Wolf retirado das T22 para compro a nova corveta, creio ser isso um ou dois passos para trás.
      Explico: Se a MB vai construir um navio NOVO, não há espaço para gambiarras e adaptações para instalação de sensores velhos e descontinuados, mesmo que os mesmos ainda funcionem. Se o sonho de todos na MB é ter navios novos que não quebrem e possam realizar muitas Comissões dando 100% de si, esta opção de por Sea Wolf velho não me agrada. Lembre-se de que não se trata apenas do míssil. Tem o lançador, e o radar diretor de tiro. Ambos velhos e sua instalação seria um contra ponto num navio que “SERÁ” moderno.

      vamos ver quem tem razão. Se eu estiver certo e a MB seguir seu rumo traçado antes, teremos uma Marinha com “M”, se começarem a por gambiarras no navio quem nem existe ainda, ficarei muito decepcionado, pois não é esta MARINHA do BRASIL que tenho certeza, todos desejamos.

  57. Conheça o site da Aviação PRF – Brasil

    http://www.aviacaoprf.com.br

    Abraços e parabéns pelo vosso site.

Deixe uma resposta para HENRIQUE PEREIRA DE CARCALHO Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.