Com a fraseologia “Barão aqui é o Falcão Negro!”, um elemento formado por aeronaves AF-1 iniciava o cheque rádio com o avião reabastecedor, no dia 4 de julho.



Duas aeronaves AF-1, sendo uma delas a primeira aeronave biposto modernizada recebida pela Marinha do Brasil (AF-1C N-1022), realizaram um exercício de Reabastecimento em Voo (REVO) com uma aeronave KC-130 Hércules, do Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte, da Força Aérea Brasileira (FAB).

A missão de REVO é de extrema importância na aviação de caça, pois contribui na sustentação do combate, possibilitando uma maior permanência das aeronaves de ataque em uma área de interesse. Duas aeronaves AF-1 decolaram de São Pedro da Aldeia, no dia 4 de julho, e receberam combustível em voo sobre o litoral carioca, possibilitando o adestramento e qualificação dos aviadores navais do Esquadrão VF-1.

Além de contribuir para a interoperabilidade, o evento faz parte do intenso programa de adestramento e qualificações que tem por objetivo preparar os pilotos do VF-1 para a participação no Exercício Multinacional CRUZEX, ao final de 2018.



 

3 Comments

 

  1. 12/07/2018  8:07 by Eleazar Moura Jr. Responder

    Desde o final de 2015 que não vejo aqui por Natal caças da FAB, a Base, agora Ala, desde 2016 até hoje só tem recebido a presença dos A-4 da MB. Acho que caça da FAB por aqui só na CRUZEX mesmo, em novembro.

  2. 11/07/2018  22:45 by marcio alves Responder

    Quando chegar a hora de substituir os A-4M por um caça mais capaz seria interessante para a MB adquirir 4 a 6 KC-390 por muitas razões.
    1 - Deixando de depender da FAB para suas missões de treinamento REVO, em deslocamento para outras regiões do país , logística , transporte de tropas e dos ASTROS FN para regiões como a amazônia quando for preciso.
    2 - A FAB já trasporta tropas e material do EB que em um momento de crise sobrecarregaria os aviões da FAB.
    3 - A MB criaria sua própria doutrina de transporte e REVO.

  3. 11/07/2018  20:38 by marcio alves Responder

    Posso está sonhando alto, mais futuramente quando chegar a hora de substituir os A-4M por uma caça mais capaz poderia ser adquirido também de 4 a 6 KC-390 para não depender da FAB em missões REVO e transporte, para deslocamentos para outras regiões e para transportar seus ASTROS FN e tropas para a região amazônica por exemplo.

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.