No dia 3 de agosto, a Nuclep concluiu a montagem e soldagem de 96 chapas marginais e 4 suportes para as Seções 3 e 4 do Submarino Angostura (SBR-4).



Cabe ressaltar que a conclusão da obra ocorreu com antecedência de 27 dias em relação ao prazo previsto no contrato com a Itaguaí Construções Navais (ICN), cujo objeto é a construção de 4 cascos de submarinos convencionais, e que está inserido no Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub).

O programa também prevê a construção do primeiro submarino de propulsão nuclear (SN-BR) do Brasil, cuja assinatura de contrato aguarda a conclusão das etapas precedentes.

As chapas marginais são peças estruturais utilizadas para a fixação de tanques ao casco. Já os suportes são parte da estrutura de apoio e fixação do periscópio de ataque.

Dentro do contrato com a ICN, a conclusão desse serviço abre portas para que mais obras sejam acrescidas ao escopo previsto originalmente, fortalecendo a atual parceria entre a Nuclep e a ICN na condução das obras do Prosub.

FONTE e FOTOS: Nuclep



 

7 Comments

 

  1. 10/08/2018  5:30 by Elison Responder

    Boa notícia, e que o cronograma dos submarinos seja encurtado no que for possível e assim que um novo lote de submarinos seja orçado e posto em execução. Pois pagar tão caro com o argumento de poder possuir a tecnologia e a capacidade para poder fabricar autonomamente e ficar apenas nesse primeiro lote e não seguir a diante como aconteceu com as fragatas Niterói e os submarinos alemães é que não dá pra aceitar!

  2. 09/08/2018  10:03 by Andre Responder

    Mas também, depois de trabalhar em três submarinos o quarto já devia estar em um estágio mais "amaciado".
    É claro que é um ótima notícia e espero que sucessivos adiantamentos antecipe o lançamento do submarino.

  3. 09/08/2018  10:00 by Cloves Responder

    Isso mostra a capacidade e o profissionalismo da equipe de construção. Parabéns a todos que participam desse projeto tão importante para o nosso país.

  4. 09/08/2018  9:07 by Tiago Cruz Responder

    Progama segue como planejamento, isto é fruto de competência e expertise demonstrada na entrega adiantada ,torço para que além do submarino nuclear novo lote de convencionais seja adquirida para não perdermos esta capacidade produtiva e de aprimoramento de tecnologias que foram adquiridas neste belíssimo projeto parabéns a todos envolvidos desde o processo produtivo a cobertura da notícia.

  5. 09/08/2018  8:38 by Snake Responder

    Naoooooo isso tá errado segundo os especialistas do Facebook e Cia esse programa já foi cancelado, não vai presta, vão ficar como os argentinos lá no estaleiro, os especialistas falaram, tenho certeza que é verdade......

    • 09/08/2018  8:44 by Guilherme Wiltgen Responder

      E como tem "ispecialista" de plantão dentro e fora do FB soltando sua pérolas...

  6. 09/08/2018  8:18 by Vovozao Responder

    Pelo menos uma boa notícia para a MB, nossos subs mesmo com todos os problemas orçamentários está seguindo bem, por volta de 2020, já teremos um Scopenes " made in Brazil". Parabéns.

Leave a reply

 

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.